Chegou a hora de aumentar o patrimônio, pode ser então que surja a dúvida: porque não comprar imóveis direto com o proprietário? Existem diversos fatores de risco que devem ser levados em conta na aquisição de um imóvel e justamente por isso nasceram as imobiliárias. Mas afinal de contas, o que uma imobiliária faz?  Zelar pelo patrimônio e pela segurança do cliente é uma das premissas básicas da corretagem, mas as equipes e os corretores estão sempre aptos a acompanhar todo o processo, tanto de compra quanto de venda ou locação. Neste texto, vamos levantar algumas questões para que fique mais claro o papel de um assessoramento adequado e os riscos de se comprar imóvel direto com o proprietário.

Riscos de negociar direto com o proprietário

Os cuidados ao comprar imóvel direto com o proprietário devem ter início na etapa que comercialmente chamamos de angariação. Entender mais a respeito da pessoa com a qual se fará negócio, bem como com a avaliação do bem, ou seja, o valor real do mesmo, é um dos primeiros pontos. Além disso, é de extrema importância que se verifique toda a documentação, se existe por exemplo algum tipo de pendência judicial e se os impostos estão todos em dia. A avaliação estrutural deve ser analisada de forma técnica, para descartar a hipótese de existirem avarias ou necessidades de reformas que não estejam previstas em contrato, ou, caso exista, prevê-las de forma clara. Essa avaliação é chamada de vistoria e preza comprovar, mediante apresentação de um laudo, o estado em que se encontra o imóvel, agindo de forma transparente e imparcial para tranquilidade de ambos os lados da negociação. Do ponto de vista jurídico, alinhar as expectativas de formas de pagamento e entrega de chaves, bem como transcrevê-las em um contrato de compra e venda é imprescindível. As etapas até agora citadas, são, inclusive, algumas atribuições feitas pelo intermédio de uma imobiliária e devem preferencialmente ser seguidas na compra de imóvel direto com o proprietário.

Para que você não tenha nenhum tipo de surpresa, abaixo, listamos alguns riscos existentes nesse tipo de transação, que podem ofuscar um momento tão especial que é a de como comprar uma casa.

 Risco de cair em golpes

Infelizmente, embora pareça mais distante do que imaginamos, existem muitos casos de pessoas que caem em golpes tanto no momento da visita, onde sofrem assaltos, quanto posteriormente, em casos em que se paga um valor parcial, ou até mesmo integral, e somente depois, descobrem que o imóvel não existe ou não é da titularidade de quem recebeu o dinheiro. Esse é um dos cuidados ao comprar imóveis direto com proprietário, o qual visa proteger não somente a sua integridade financeira, como também a física e moral.

 Os pormenores da burocracia

Como comprar casa sem documentos? Impossível. A burocracia envolvida neste tipo de transação existe, e é importante que se atente a todos os documentos que se fazem necessários. Essa parte do processo pode até ser feita por uma pessoa que não é tão leiga e tenha disposição para entender, mas a presença de um profissional que torne esse momento mais seguro deve ser repensada, isso porque, por exemplo, uma simples certidão que não seja solicitada pode vir a inviabilizar a compra ou até mesmo fazer com que a venda seja anulada judicialmente. Além disso, um contrato de compra e venda, suas cláusulas e adendos, não é algo tão simples assim de ser feito.   

 A avaliação errada

Talvez a escolha de comprar imóveis direto com proprietário esteja pautada na questão financeira, pelo fato de não existirem comissões e honorários envolvidos, e está tudo bem, esse é um tipo de transação legítima para o qual não existe, nem se deve existir, nenhum tipo de impedimento. Mas, um detalhe que precisamos ressaltar para que o seu bolso não seja afetado, é sobre a avaliação do imóvel. É importante que se faça, conforme já falamos acima, uma vistoria técnica e imparcial, a fim de que todos os detalhes do imóvel sejam relatados em um laudo. É necessária também uma avaliação, a qual varia de acordo com o mercado, que normalmente cruza dados como localização, estado do imóvel e benfeitorias. Ressaltamos a importância da avaliação para que o comprador não se sinta lesado posteriormente, por muitas vezes ter pago acima do que o mercado pagaria, ou, por ter detalhes que encarecerão a aquisição.

 O tempo

Ah, o tão precioso tempo. Correr atrás de todos os detalhes é realmente trabalhoso, mas não deixa de ser prazeroso, isto porque a aquisição de um bem é sempre um momento festivo. É importante aqui que se programem horários na rotina para que o processo seja algo leve, desde as visitas ao imóvel até as idas ao cartório. Uma dica aqui é descrever um roteiro e agendar tudo, bem programado o tempo que será investido será menor, visto que dessa forma se pode minimizar os contratempos.

Vantagens de contar com uma imobiliária

Bom, as vantagens de comprar com uma imobiliária são muitas. Todo esse processo burocrático, vistorias técnicas, avaliação, documentação, transcrição de contrato e negociação de valores, de forma segura, fazem parte do escopo de trabalho uma imobiliária e seus respectivos departamentos.

Ser amparado por um profissional com expertise na área traz sempre mais confiança e leveza durante uma compra de imóvel. É como se o comprador ficasse só com a parte boa, que é a de escolher o seu novo patrimônio, aceitar a proposta, assinar e pegar as chaves, todo o resto fica por conta de quem é especialista em fazer.

Compre seu imóvel em Caxias do Sul

Se você deseja comprar o seu imóvel em Caxias do Sul, a Prolar está pronta para lhe fazer companhia durante todo o processo. Para nós, será um prazer fazer parte dessa vitória, lhe acompanhando em cada passo. 

Clique em Quero Comprar e saiba mais informações!